4029

Prefeitura Municipal de Aratuípe

Pular para o conteúdo

Visão Geral

Visão Geral

Bandeira Bandeira do Município
Brasão Brasão do Município
  • Aniversário: 09 de junho
  • Fundação: 09 de junho de 1891
  • Padroeiro (a):NOSSA SENHORA SANTANA
  • Gentílio:
  • Cep: 44490-000
  • População: 0 (estimativa)
  • Prefeito (a): ()
    -

Geografia

Atualmente a cidade sequer tem uma foto decente e no Google Maps você tem uma visão incrível de Aratuípe coberta de nuvens ou de algodões doces flutuantes... Tanto faz. O que realmente importa é que a fama da cidade não iria mudar porra nenhuma se um OVNI caísse por lá, já que se trata de uma cidade desconhecida e quanto mais desconhecida meno chances de alguém ter internet banda larga por lá e menos chances de alguma informação vazar pois... Aratuípe é conhecida por ser uma cidade de caipiras mentirosos, oras!

E como toda boa cidade Aratuípe também tem sua favela, a Cidade de Palha (que tem esse nome sabe lá Deus porque) e que ocupa cerca de 35% do território local.

População

9.171 habitantes

História

Aratuípe Bahia - BA Histórico A região foi primitivamente habitada pelos índios aimorés. No século XVI, deu-se a primeira penetração no território, atribuída por historiadores a Paulo Argolo de Menezes, portador de carta de sesmaria, concedida pelo Governo de Portugal. Paulo Argolo fundou o aldeamento “Santo Antônio” destinado à catequese de indígenas. Concentraram-se ali outros silvícolas, vindos da Casa da Torre, de Garcia D’Ávila, para guarnecer o engenho de Fernão Cabral e outros vizinhos, contra os ataques dos aimorés. Construiu-se a igreja de Santo Antônio, com dependências para escola e morada do pároco e do farmacêutico. Os índios catequizados cooperaram com as tropas brasileiras nas lutas contra o General Madeira, durante os movimentos em favor da independência do Brasil. Pela Resolução Provincial nº 132, de 2 de junho de 1840, criou-se a freguesia de “Santana da Aldeia”. O topônimo, de origem tupi, significa “rio dos aratus” (pequenos crustáceos de cor vermelha). Os nativos de Aratuípe são chamados aratuipenses. Gentílico: aratuipense Formação Administrativa Distrito criado com a denominação de Santana de Aratuípe, pela lei provincial nº 132, de 02- 06-1840. Elevado à categoria de vila com a denominação de Aratuípe, pelo ato de 07-02-1890, desmembrada dos municípios de Nazaré e Santo Antônio de Jesus. Sede no atual distrito de Aratuípe (ex-Santana de Aratuípe). Constituído do distrito sede. Instalada em 16-08-1890. Elevado à categoria de cidade com a denominação de Aratuípe, pelo ato de 09-06-1891. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao ano de 1933. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 2 distritos: Aratuípe e Maragogipinho. Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, o município de Aratuípe foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Nazaré. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, Aratuípe e Maragogipinho, figura com distrito de Nazaré. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Aratuípe, pelo decreto estadual n 12978, de 01-06-1944, desmembrado de Nazaré. Sede no antigo distrito de Aratuípe. Constituído de 2 distritos: Aratuípe e Maragogipinho, ambos desmembrados de Nazaré. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Aratuípe e Maragogipinho. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Turismo

Sitio de Tio Edinho
Distrito de Maragogipinho

Letra do Hino

Salve! salve! querido Aratuípe
Terra de paz e de fraternidade
Deus te conduza, ô terra idolatrada
Pelos caminhos da felicidade

Recebe aratuípe o nosso hino
Pleno de grande amor sincero e puro
Pois que nós cremos sem vacilação
Na radiosa luz do teu futuro

O teu povo te adora eternamente
E vive sempre o teu amor imenso
E fitando as paisagens do amanhã
Divisa o esplendor do seu progresso

Salve! salve! querido Aratuípe
Terra de paz e de fraternidade
Deus te conduza, ô terra idolatrada
Pelos caminhos da felicidade

Este hino é um canto de esperança
E sai do coração dos filhos teus
Pois temos uma fé inabalável
Na poderosa proteção de deus

Salve! salve! querido Aratuípe
Terra de paz e de fraternidade
Deus te conduza, ô terra idolatrada
Pelos caminhos da felicidade

Áudio do Hino